Os diferentes tipos de torrefação e seus sabores

torrefacao-cafeSe você gosta de tomar café, certamente sabe que a torrado grão faz toda a diferença no sabor final da bebida. E não é para menos. Especialistas afirmam que o café é uma bebida tão complexa que existem cerca de 800 nuances diferentes de café. Essas nuances variam de acordo com vários fatores desde o local de cultivo, o tipo do grão, a safra, colheita, secagem, moagem e, claro, o processo de torrefação dos grãos.

E é justamente sobre o processo de torra que iremos falar hoje. Será que uma torrefação mais escura realmente deixa o café com mais cafeína? Uma torra mais clara significa necessariamente um café mais fraco? Qual o tipo de torra que deixará seu café mais saboroso? Respondemos essas e outras dúvidas.

Torra Clara

Para conseguir distinguir uma torrefação da outra, o aspecto visual é de extrema importância. Uma torra clara, como o próprio nome sugere, resultará em grãos com uma cor castanha clara. Esse tipo de torra tem um sabor um pouco mais ácido, terroso e granulado. O grão possui pouco óleo em sua superfície e, como o tempo de queima é baixo (cerca de sete minutos), pouca cafeína é perdida durante a torra.

Ou seja, ao contrário do que se imagina, um grão de torra clara possui alto teor de cafeína e é ideal para quem quer se manter acordado por mais tempo.

Torra média

A torra média já possui um sabor um pouco mais equilibrado. Esse tipo de torrefação resulta em grãos um pouco mais escuros, de coloração marrom, mas ainda sem óleo em sua superfície. O sabor e o aroma são um pouco mais acentuados e a acidez é mais equilibrada do que nos grãos de torra clara.

Na torra média, os grãos são expostos ao calor por cerca de onze minutos. Um pouco mais de cafeína é perdida durante o processo, mas o grão ainda possui mais cafeína do que um grão bastante torrado.

Torra escura

Esse tipo de torrefação já possui um grão mais escuro, quase caramelizado, e já é possível observar um pouco de óleo na superfície do grão. O grão brilhante geralmente indica que o grão perdeu parte de seus óleos essências. Já os cafés de torra escura  tem um sabor mais amargo, já que a exposição mais prolongada ao calor faz com que o café perca mais açucares. Apesar disso, o grão possui um sabor que tem notas de caramelo e chocolate, e menos acidez que os grãos de torra mais clara.

Nesse tipo de torra, o grão fica exposto ao calor por cerca de doze minutos.

Torra queimada

Os especialistas afirmam que esse tipo de torrefação destrói o sabor do café. Há quem acredite que esse tipo de torra seja feito para disfarçar grãos que não tem qualidade o suficiente para produzir uma boa bebida em torras mais claras. Esse tipo de torra produz um grão escuro, cor de chocolate, com bastante óleo em sua superfície. Os cafés em pó conhecidos como extraforte normalmente são de menor qualidade e torra escura ou queimada para disfarçar a falta de qualidade.

A torra queimada libera mais cafeína durante o processo e produz uma bebida com menos concentração da substância. Os grãos são submetidos ao calor por cerca de quinze minutos.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os tipos de torra, pode escolher o tipo de grão que mais te agrada. Para grãos e bebidas de qualidade, procure as máquinas e os grãos Amiste Café. Possuímos as melhores máquinas e os melhores insumos para produzir um café de altíssima qualidade. Entre em contato e conheça nossas franquias!